8.4.11




TV Record, é GÊISER! Não é gáiser!

Os locutores da TV Record estão precisando aprender a consultar dicionários! Já ouvi trocentas vezes a palavra gêiser com a pronúncia gáiser. Ou seja, as gracinhas ouviram a palavra em inglês, acharam bonitinha, não têm o saudável hábito de consultar dicionários e, por ignorância, presumiram que não existia em português. Sabe o velho achismo? Pois é. Importaram a pronúncia inglesa com casca e tudo! Que nome se dá a isso? Ignorância galopante? A pronúncia em português é assim mesmo como se escreve: gêiser. Reparou no acento circunflexo no primeiro E? Pois é. E também tem a pronúncia do G: antes de E e I, o G tem som de J, queridinhos! O Houaiss indica a datação de 1838! A palavra é suficientemente antiga na língua portuguesa para passar despercebida pelos nossos queridos locutores, não é mesmo? Haja paciência pra agüentar o Febeapá da TV! 

Enquanto escrevo aqui, deixei a TV ligada lá na sala e acabo de ouvir a foquinha da TV Record, numa reportagem sobre problemas cardíacos, falar em Esquemia, com um E inicial bem nítido. Queria locutorinha, a palavra é Isquemia, começa com I, viu, bela? Será que você está com inveja da nossa presidAntA, que pronuncia cOmprimentar a palavra cUmprimentar? 

Para os jornalistas e locutores que não sabem falar, recomendo


Dicionário de Pronúncia Correta, do Luiz Antonio Sacconi.


    Esse dicionário é uma preciosidade para os nossos queridos locutores de TV que não sabem pronunciar as palavras na nossa língua, acham que o idioma oficial do Brasil é o inglês. 

A música de hoje é o Samba do Approach:


1 Comments:

Blogger Trainsppotting said...

BB, fui la no Baby mas o resultado não funfou.

Prefiro sua versão para o seu Jorge, ja que todo mundo insiste em manter a versão em inglês do omi e não se arriscam a contextualizar e replicar o pensamento do cara em braziliano. Talvez com medo de se equivocarem em pũblico. Ou quem sabe, manterem o santo graal da sabedoria by seu Jorge inacessivel para a massa, embora ele se nutra dela.
Afinal, o que o seu Jorge quer dizer na versão do Baby?

"Se a linguagem corrompe o pensamento, a linguagem pode também corromper o pensamento".

Outra: porque se temos que lidar com os capachas todo dia, bem que podem ser mais critivos estes destruidores da linguagem.

02:49  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home