11.4.08




Adeus, minha melhor amiga!

Lorinha
11-11-1988 - 11-4-2008
Você foi muito amada






Pictures taken on 11-11-2007, her 19th birthday.
Fotos tiradas em 11-11-2007, no dia em que ela completou 19 anos.


E este é um vídeo de 4-1-2008:
video

Labels:

12 Comments:

Blogger sue said...

She was beautiful, Jussara. Very sorry for your loss.

Susan in Berlin

18:06  
Blogger JPS said...

Thank you, Susan.

18:40  
Blogger Observador said...

Sweet Ju,

Meus sentimentos pela loirinha, espero que o tempo e a vida curem esse momento.

Bjs
Sandro

01:31  
Blogger robertobech said...

Acompanho o seu blog mas não costumo postar. Talvez seja um bom momento para isso...

Meus pêsames. É dureza perder um bichinho, e os primeiros dias são infernais, mas depois as coisas vão se ajeitando e você começa a rir das boas lembranças. Até lá, coragem e paciência.

17:37  
Blogger JPS said...

Obrigada, Sandro e Roberto.
Ela vai morar pra sempre no meu coração.

11:05  
Blogger Roberto Hobold said...

Adoro gatos. Os que passaram por mim, passaram. Eles vão embora. Às vezes é disputa de território. Às vezes alguém os envenena. Alguns eu tive a oportunidade/infelicidade de encontrar, já mortos. Dói. Gatos são bichos muito interessantes, intrigantes.

22:56  
Blogger JPS said...

Os meus gatos não vão embora. Prova disso são os 20 anos de convivência com a Lorinha, gata que ajudei a nascer porque era primeiro parto da mãe dela, que ficou muito nervosa. Ela foi a primeira a nascer e nasceu na minha mão. Nunca pensou em me abandonar. E eu nunca pensei em abandoná-la.
Depois que ela se foi, continuo com o Kiko, que está comigo há 14 anos. Ele me achou na rua quando já estava com uns 2 anos e, desde que eu o trouxe para dentro de casa, nunca mais permitiu que eu o deixasse do lado de fora.
Por último, também tem a Lea, que vai fazer 6 anos em maio e morre de medo de andar na rua, quando abro a porta do ap. ela às vezes sai, mas só chega ao primeiro degrau da escada e volta correndo.
Não, os meus gatos só vão embora quando morrem.

23:13  
Blogger Silvia D. Schiros said...

Ju, sinto muito pela Lorinha. A gente se apega demais a esses bichos, são parte da gente.

Minha sogra acabou de ligar pra avisar que um dos meus cachorros, lá no Rio, não tá se sentindo bem, e tô com um frio horrível na barriga. Ele já tem 11 anos, e em geral cães de grande porte não vivem por muito tempo. Vamos hoje para lá.

09:29  
Blogger Jaque said...

Jussara, conheci teu blog pq comprei os livros da Gillian McKeith.
Eu amo gatos e também sou adotada por eles...
Serei a pessoa mais feliz da face da Terra se o Daniel (meu gato) viver tanto quanto a Lorinha! Fostes abençoada por tê-la tanto tempo junto! E ela é, agora, uma estrelinha para ti!

17:30  
Blogger argus said...

Oi Jussara,

Fiquei muito triste com a sua perda. Também temos uma gatinha, ou melhor, "ela" nos tem. É uma alegria sentir a fidelidade e o amor que um bichinho desses nos mostra. Já tivemos 13, quando moramos uns tempos na casa da minha mãe na Ilha do Governador. Mudamos para o Flamengo e só pudemos trazer esta que era a mais ligada a nós. Sentimos muita falta dos outros, mas não foi possível trazê-los. Ela sempre estará no seu coração. Viva. Estas lembranças ficam para sempre. Que Deus lhe dê muita força e coragem.
Grande abraço,

Roberto

22:08  
Blogger JPS said...

Obrigada pelas palavras simpáticas, Roberto. Os gatos são os representantes dos anjos.

22:34  
Blogger Regiane"Carrie"Alencar said...

E eu q achei esse blog agora, por indicação do @manokau. Qnd vi o título desse post pensei: "Só pode ser bicho".
=]

22:24  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home