31.12.07




Feliz Ano Novo! Sempre com o pé direito!

Lá embaixo, depois das artelhices e pentelhices, os meus amados leitores encontrarão a saudação de ano novo. Basta ter um pouquinho de paciência para ler um texto meio compridinho.

Sou do tempo em que, no curso primário, a gente aprendia os nomes de todos os ossos e ossinhos do corpo nas aulas de ciências.

Naquele tempo o meu pai tinha o hábito de tomar o ponto. Era o ponto alto do dia! Deve ter jovem aqui se perguntando que diacho é esse negócio de tomar o ponto. É, isso é coisa de velho mesmo, é do tempo em que a gente ia para a escola pura e simplesmente para estudar, as escolas ainda não tinham virado refeitório.

Pois é, falávamos de tomar o ponto. Tomar o ponto era fazer perguntas a respeito da lição daquele dia. A gente treinava em casa porque a professora tomaria o ponto na aula seguinte. Podem falar o que quiserem da didática daquele tempo, mas eu adorava recitar as respostas e muitas delas nunca mais esqueci.

Dentre as coisas que aprendi naquela época estão os nomes dos ossos das mãos e dos pés (na verdade, são regiões, cheias de ossinhos menores), que a gente recitava nas provas orais (hoje extintas):

Carpo, metacarpo e dedos

Tarso, metatarso e artelhos

Os dedos e os artelhos se dividiam em falange, falanginha (hoje falange medial) e falangeta (hoje falange distal). E eu me perguntava o que os anjos tinham a ver com os dedos. Como podiam caber tantos anjos dentro de ossinhos tão pequenos? Mais um mistério da angelologia.

Agora parece que inverteram o mapa do e os artelhos se mudaram para o outro lado. Sei , entende? Em 50 anos muita coisa pode mudar e sabemos que recentemente andaram fazendo umas mudanças na nomenclatura anatômica. Não me conformo com algumas delas, não gosto de chamar o ouvido de orelha, mas quem sou eu para me opor? Se as traduções médicas eram terra incognita para mim antes da reforma, hoje em dia caio nessas ciladas quando, por puro azar, aparece algum trechinho que fale de casos médicos no meio de algum livro que eu esteja traduzindo, como aconteceu em um que terminei recentemente. Era um livro de economia comportamental (enrolaç... opa! ciência nova) e, pelas tantas, o cara começou a contar um caso de cirurgia artroscópica, é mole?

Pior ainda foi o livro do Bruce Lee, que me obrigou a comprar a Terminologia Anatômica da SBA para poder traduzir aquela infinidade de músculos que o nosso ídolo trabalhava (e pedi à editora que contratasse um revisor técnico experiente). Mas, no livro do Bruce Lee, que bem me lembre, ainda não tinham invertido o e acredito que os artelhos do astro ainda estivessem na parte da frente, e não atrás dele. Mas não está aqui quem vai discutir a respeito da posição anatômica dos artelhos. Além do mais, todos sabemos que os artelhos do Caipora sempre ficaram atrás - ou na frente? Aí depende, né? Eram dedos ou articulações? Pelo que pude entender da complicação toda, os artelhos que ficam atrás do pé não são ossos, são articulações, o que já são outros 500 merréis e não pretendo perder tempo com isso aqui.

E, que me lembrei da Terminologia anatômica, eis a página que contém a lista de ossos dos pés. Ao que tudo indica, depois de se mudarem, os artelhos sumiram. Ou será que nunca estiveram ali? Quem sabe seriam ossos do do ouvido? Ou do de anjo? Do na tábua? sei, o artelho se mudou quando ficou com o atrás. Ou, sei , um belo dia acordou com o esquerdo, pegou a trouxa e deu no pé. Deve ter sido fácil carregar a trouxa dele, que estava quase vazia, e ele a carregou com um nas costas.

Também procurei nas articulações do , mas não encontrei a palavra artelho. O artelho morreu! Viva o artelho! Fazer o que, ? Eu é que não me meto nessa história nem vou teimar que o artelho seja aqui ou ali. Na pior das hipóteses, o artelho é primo-irmão do pentelho. Pelo menos rima.

De resto, chegada a hora de dar um na bunda de 2007, desejo que entremos todos com o direito e de quente em 2008! Que nenhum de nós caia na tentação de traduzir sempre ao da letra; que não tenhamos medo de bater o quando os clientes quiserem meter os pés pelas mãos e enfiar o nariz (Hein? Mas não estávamos falando dos pés?) onde não devem; temos de fincar pé!

Que 2008 seja o ano de consolidar o nosso de meia e que possamos, definitivamente, tirar o do lodo. Que os nossos sonhos se realizem, mas que continuemos sempre de no chão, porque 2008 é um ano que vai dar ! E se a gente tropeçar, escorregar, que sempre caia de !

Que 2008 nos espere de portas abertas, que não precisemos de de cabra para abri-las e, principalmente, que ninguém enfie o na jaca para poder ficar de quando amanhecer o primeiro dia do novo ano. Que a festa do reveillón seja animadíssima para que possamos exibir nossos dotes de pé-de-valsa.

Enfim, juro de pés juntos que desejo a todos vocês mil vezes tudo o que me desejaram em todos os anos anteriores e um milhão de vezes tudo o que vierem a me desejar daqui para a frente!

2007 está com o no estribo e 2008 vem chegando ante . Que a permanência do nascituro seja sempre suave, tranqüila e repleta de saúde! Muita saúde para aturar os clientes no saco, os que pegam no e os frio! Que estejamos sempre à altura dos serviços que aceitamos fazer e possamos fazê-los com um nas costas!

Feliz 2008!

Labels: , , , , ,

3 Comments:

Blogger marciacaiu said...

Também lhe desejo um Feliz 2008 e que passe com bastante paz e saúde, eu participo do forum do Nelson Machado do Yahoo Grupos e como habilitei receber as mensagens através de e-mail, vi o seu blog e resolvi visitar e deixar uma mensagem pra você :)
Beijinhos
Ass.: Márcia Cristina ( marciacaiu )

17:15  
Blogger Mariana said...

Que em 2008 tu dê pé!


Sei que já se passou um mês e meio... mas que venham os outros dez e meio cheio de alegria e realizações!


Seu blog é um deleite para uma aprendiz de tradutora como eu...


Tenho muito que aprender, mas creio que é para isso que existem anos novos!


Feliz continuação de 2008!

03:00  
Blogger JPS said...

Muito obrigada pelos comentários, Mariana e Márcia! Voltem sempre!

08:50  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home